segunda-feira, novembro 21, 2005

Apenas palavras do Rei


Sei de um senhor que queria ser rei, como vivia numa monarquia, contente com primeiro ministro por dez anos teve que ser. Após tantos anos quis ser presidente, mas como numa monarquia vivia, não foi.

Esperou uns anos bem calado, a ver se das suas merdas se olvidavam, pouco disse e se disse, nada representavam, quando o desespero dos seus filhos... ...conterrâneos apertou, ele que nem Dom Sebastião voltou. Assustou tanta gente que os mortos acordou. Teve que ouvir do avôzinho da nação que nada de bom fez, mas calou-se a ver se era a sua vez.

Temo que hoje esse senhor, consiga voltar a fazer das suas, pois já diz que presidente é mais trabalho do que dizem as catatuas. Protejam-se todos, pois dom Sebastião não voltou, mas o Cavaquinho ainda nem tocou.

Ps: Nunca pensei que umas lindas palvras sobre o Carrasco que se segue fossem tão populares.

20 comentários:

Anónimo disse...

Realmente oh Toino... eheheheh Sai-te com cada uma que acaba por rimar! Tá giro dá-lhe com força a essas carcaças q nem frutos secos do bolo rei comem e enqto lá estiveram só souberam contruir auto-estradas até Boliqueime... eheheheheh E agora comemos alcatrão... ;)
Beijão gigante para o Negrão do coração! ;)

Anónimo disse...

Nao achas que exageras um pouco?
e para variar seria bom que nos dissesses o que pensas tu sobre qual o candidato em que devemos votar. Boa?
entretanto atenta aos erros ortograficos

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Se eu te disser em quem votar, nunca votaras porque a tua opinião formada, consciente e segura assim te levou a isso mas por influencia, que é como o Cavaquinho quer que votes.

Anónimo disse...

Que grande asneira....
Como é possivel um tipo civilizado ver este País real a afundar-se e tentar fazer piada com o unico politico honesto que além de tudo goza de boa reputação. Ou será que também és dos que têm interesses na OTA. Ou preferes o avô Cantigas ? Toninho, assume uma atitude honesta nos comentários que fazes. Este Pais já não têm mais alternativas....
PS De repente fizeste-me lembrar o porteiro que sentindo-se um heroi tentou impedir a entrada do 1º ministro deste País numa visita ao seu pai que estava num hospital publico. Infelizes os pobres de espirito.

Maria disse...

Adorei o comentário e partilho a opinião sobre esse senhor, manipulador como só ele sabe...Como alguém já disse, ele não só abandonou o país quando sabia que as coisas íam piorar (eleições antecipadas), e esperou, aniquilou a oposição, e convenceu tudo e todos que vai ganhar assim será...mas tenham medo, tenham muito medo! A minha memória, felizmente, não é curta!!!

António_Pinto_de_Mesquita disse...

A prova que este senhor nos manipula bem é que tenho aqui pessoas a chamar-me nomes para defender o cavaquinho. Mesmo depois de ele nos ter deixado como nos deixou. Mas claro que é mais facil culpar o k veio aseguir, pois esse já não te pede nada!

MeninaMulher disse...

António estás a ser um bocado ingénuo, eu, tu e o resto do mundo, nos países democráticos só votamos por influência, assim como compramos um produto, ou escolhemos um serviço.

Pensar que somos nós que escolhemos seja o que for é redutor, há uma teia gigante por trás das nossas opções e um dos maiores problemas é não se saber quem é a aranha.

Já dizia o outro:"Hoje em dia vende-se PR como quem vende sabonetes".

Em relação ao tema proposto pelo texto, gostei e como é óbvio não vou votar Cavaco.

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Nunca pensei que só por falar no pai dos pobres, fosse causar tantas reacções. Mas é bonito ver tanta gente dar-se ao trabalho de comentar e refutar as minhas opiniões. O meu português, como advinhado por alguem que parece não vou saber quém é, tem falhas que são efeito da mistura cultural, linguistica e de uma certa dose de loucura. É verdade que todas as nossas escolhas são influenciadas pelos media. Não seria certo para min trabalhar com um dos maiores Marketeers politicos do pais e não reconhecer isso. Mas também nunca vou votar em alguem porque as sondagems dizem que esse é que é bom. Também não vou votar em ninguem que assume antes de eleito que vai alterar a forma e a função do seu cargo politico. Penso que talvez o supermario esteja velho para estas andanças, mas todos sabem que ele está nisto pela campanha em si e não por acreditar na sua victoria. Por estranho que parece vou votar no mais improvavel dos candidatos, Francisco Louçã, pois apesar de não acreditar que ganhe acredito que entre os que vejo era o que mais me satisfazia no cargo em questão. Critiquem a vontade, pois é para isto que há coments.

António_Pinto_de_Mesquita disse...

par quem defende Cavaco (o sem partido, HÁHÁHÁ) aqui vão frase sobre o mesmo que parcem falar de um CANDIDATO a um cargo representativo:
Cavaco quer todos de mangas arregaçadas

Cavaco admite referendo sobre regionalização

Será que isto se deve dizer quando se candidata a um lugar de presidencia da Républica?

Maria disse...

Acho muito estranho que quem critica se esconda no anonimato.´E para quem repara tanto nos erros ortográficos dos outros, talvez seja melhor reparar nos seus próprios erros, nomeadamente de acentuação!!! Não, não voto CAVACO!

António_Pinto_de_Mesquita disse...

O chato, trouse um textinho para ti!
NÃO: Não quero nada.
Já disse que não quero nada.

Não me venham com conclusões!
A única conclusão é morrer.

Não me tragam estéticas!
Não me falem em moral!

Tirem-me daqui a metafísica!
Não me apregoem sistemas completos, não me enfileirem conquistas
Das ciências (das ciências, Deus meu, das ciências!) —
Das ciências, das artes, da civilização moderna!

Que mal fiz eu aos deuses todos?

Se têm a verdade, guardem-na!

Sou um técnico, mas tenho técnica só dentro da técnica.
Fora disso sou doido, com todo o direito a sê-lo.
Com todo o direito a sê-lo, ouviram?

Não me macem, por amor de Deus!

Queriam-me casado, fútil, quotidiano e tributável?
Queriam-me o contrário disto, o contrário de qualquer coisa?
Se eu fosse outra pessoa, fazia-lhes, a todos, a vontade.
Assim, como sou, tenham paciência!
Vão para o diabo sem mim,
Ou deixem-me ir sozinho para o diabo!
Para que havemos de ir juntos?

Não me peguem no braço!
Não gosto que me peguem no braço. Quero ser sozinho.
Já disse que sou sozinho!
Ah, que maçada quererem que eu seja da companhia!

Ó céu azul — o mesmo da minha infância —
Eterna verdade vazia e perfeita!
Ó macio Tejo ancestral e mudo,
Pequena verdade onde o céu se reflecte!
Ó mágoa revisitada, Lisboa de outrora de hoje!
Nada me dais, nada me tirais, nada sois que eu me sinta.

Deixem-me em paz! Não tardo, que eu nunca tardo...
E enquanto tarda o Abismo e o Silêncio quero estar sozinho!

Álvaro de Campos

Pensa nisso...

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Coiso, (como trato quem não se me apresenta)
A menos que votes no Vieira ( o verdadeiro Manuel Alegre) duvido que tenhas algo de util para dizer sobre isso, pois ainda não o fizeste.
Mas é bonito ver alguem tão ofendido!

X disse...

Isto aqui não interessa quem é quem.Será que as palavras do António estão erradas?mesmo que sejam parciais...Não é verdade que estes candidatos à Presidencia não são um pesadelo? ~Mas eu quero falar de outra coisa...O Fernando Pessoa era um palhaço, cuja a única decente que escreveu foi um poema sobre dobrada (pronto o menino de sua mãe é emotivo) mas de resto não passava de um palhacinho introvertido viciado em drogas e coca cola que morreu virgem porque não tinha coragem para falar com mulheres...mas enfim. Outra coisa que me choca..já ninguém se insulta com palavrões?Parece que se trocou o salutar hábito do "meu ganda filho da puta" para o "meus senhores...". Mas tenho de confessar que é assim que as coisas tem de ser, um blog com o conteúdo que o blogger quer, com a hipotese de se fazerem comments à vontade.
Já agora´, caga nos erros.Todas as pessoas dão erros e os grandes escritores tem editores e revisores de texto. Quem não dá erros são aqueles tipos sem qualquer imaginação mas cheios de disciplina. Boa sorte para ti e para o blog

X

X disse...

Na realidade são as mulheres que batem em mim, porque eu sou pequeno e enfezado. Quando fiz a inspecção para os escuteiros fui recusado e passei á reserva. Não vou ás putas porque sou hipocondríaco. E já agora em relação ao nível dos frequentadores deste blog... somos farinha do mesmo saco ;)
Já agora o Fernando Pessoa era mesmo uma merda, aliás a maior parte da poesia portuguesa é uma merda, se queres ler verdadeira poesia que tal experimentares W.B.Yeats, Walt Withman. Quase que aposto que eras um daqueles retardados que no secundário tinha "poemas" do Kurt Cobain no caderno para impressionares as pitas deprimidas da era grunge. Se queres voltar a fazer boa figura e a conseguir sexo, com o talento dos outros, passa a citar Ian Curtis.
X

X disse...

Já agora eu gosto de tipos que não gostam de mulheres...mais sobram. obrigado pelo teu contributo nesse campo.
Feliz Natal Mr Lawrence
X

X disse...

mestrado em literatura inglesa...AHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHHAAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAH....

X disse...

(CONT)AHAHAHAHAHAHAHAHHAHAHAHAHAHAAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAHAAHHAHAAHAHAHAH
Desculpa mas não conter a gargalhada. Mas olha respeito muito a tua profissão e opinião.Já agora dás explicações?Sei que para esse lado as coisas não andam muito bem e conheço um miúdo que precisa de explicações.
Uma ultima coisa essa onda do título académido não me impressiona nada, já conheci muito pessoal com o mestrado em literatura inglesa e não percebiam um corno do assunto, estavam presos a dogmas e preconceitos (evidentemente mostrados aqui por pessoas como tu).
Tiveste uma adolescencia saudavél?
Bolas...deves ser um serial killer, ou um psicopata ou uma coisa do género.
António andas a ser perseguido por um tarado, o melhor que tens a fazer é impedir os comentários de anónimos, ao que parece os portugueses não estão preparados para a democracia...(infelizmente)
X
Ps:continua o bom trabalho, e não te deixes esmorecer por esse "mestre" da literatura inglesa. Conheci um mestre da literatura inglesa que dizia que o Graham Greene é melhor escritor que o Charles Dickens

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Boas,
Folgo em saber que este textinho (poema, desabafo, linhas, letras reunidas, etc) tem tido uma audiencia alta, fico também feliz por saber que tenho por aqui leitores tão letrados e leitores que tão bem utlizam a nossa lingua mãe.
Quanto ao assunto em discussão por tão ilustres comentadores, quer me parecer a mim que ambos seguem uma filosofia de vida Byronista (ou lá como se diga). Se por acaso (só para quem não é mestrado, lol) quiserem a minha opinião, um livrinho de Lord Byron tinha muito para vos imspirar (pensando bem aos dois).

X disse...

Por acaso pá se a obra de Byron fosse tão boa como a sua vida era o que eu recomendaria...
Mas olha que nos estamos a focar demasiado em Inglaterra, e que tal os Miseraveis ?
Ja agora o anonimo (nao sei se este ou outro) foi ao meu blog e deixou la um pedido de desculpas no texto voa delfim voa. Visitas não faz mais, agora só os bloggers é que podem fazer comentários aos meus posts

X

António_Pinto_de_Mesquita disse...

Penso pela qualidade dos comentarios que é o mesmo.
Nunca pares de mostrar a tua visão "alucinada" do mundo, porque está mais perto da realidade do que muitos gostariam de acreditar.

| Top ↑ |